cut-e Drivers Suite: ferramentas de avaliação de Condutores e Operadores de Máquinas

Conduzir veículos e operar máquinas requer um conjunto de aptidões e habilidades específicas. A cut-e desenvolveu um conjunto de ferramentas de avaliação para motoristas e operadores de máquinas, com o propósito especifico de rastrear aptidões-chave nos seguintes grupos-alvo:

 

  • Operadores de empilhadoras, motoristas de pesados, de ligeiros e taxistas
  • Trabalhadores industriais e operadores de máquinas
  • Instaladores e reparadores de linhas eléctricas
  • Pilotos de aeronaves e engenheiros de voo

Todas as funções envolvendo veículos motorizados são arriscadas… mas os riscos podem ser minimizados!

As estatísticas confirmam: a condução de veículos e a operação de máquinas são funções desafiantes nos quais a falta de atenção, a fadiga, a condução sob efeito de álcool, stress e agressões podem facilmente causar acidentes graves e mortais. 

Reduzir o risco de acidentes de motoristas e operadores de máquinas é muito benéfico. Com efeito, pode salvar vidas de operadores e terceiros, assim evitar despesas desnecessárias pois reduzir o número de acidentes significa proteger maquinaria e veículos dispendiosos.

Pode minimizar riscos! Com o Cut-e Drivers Suite é possível identificar e recrutar os indivíduos dotados das aptidões e dos traços de personalidade necessários para serem motoristas atentos, seguros e eficientes. Também é possível realizar testes prévios ao início do turno, visando garantir a aptidão dos funcionários para o trabalho, não sofrem de fadiga excessiva ou estão sob influência de álcool ou outras substâncias.

Entrevista: o Drivers Suite da cut-e

Colocámos algumas questões sobre o Drivers Suite ao Dr. Achim Preuss, fundador e director de produto do grupo cut-e: Porque é necessário um conjunto de testes específico? Como é que esses testes se adequam especificamente a motoristas? E, qual o papel dos testes de integridade na selecção de condutores e operadores de máquinas?

O que é medido e como?

A cut-e criou uma bateria de testes para avaliar as aptidões que constituem factores preditivos de comportamentos de condução segura.

Os cinco testes que integram o Drivers Suite medem o seguinte:

  • Concentração
  • Atenção e velocidade de reacção
  • Capacidades de multitarefa
  • Orientação espacial
  • Observação e memória

Conceptualmente, existem dois campos que norteiam a atribuição da pontuação total:

  • Vigilância = concentração, atenção e velocidade de reacção
  • Processamento de informação = capacidade de multitarefas, orientação espacial, observação e memória

Adicionalmente, usando o questionário de integridade da cut-e, squares, podem ainda ser medidos os seguintes factores de disposição:

  • Controlo de impulsos
  • Consciência ética
  • Confiabilidade

O cut-e Drivers Suite inclui os seguintes testes

  • O E3+ mede a capacidade de concentração. A realização do teste implica que o participante reaja a diferentes elementos, de determinado modo e o mais rapidamente possível.
  • O teste rt 2.0mede a capacidade de reacção. A realização do teste requer que o candidato reaja, no mais curto espaço de tempo possível,  sempre que dois objectos iguais surgem no ecrã.
  • O teste mt-drv mede a capacidade de multi-tasking (execução de várias tarefas em simultâneo). A realização do teste implica reagir a um sinal de trânsito o mais rapidamente possível, assim como calcular e verificar uma sequência de caracteres. O mt-drv consiste numa versão adaptada do scales mt, projectada especificamente para o Drivers Suite.
  • O teste nav-drv implica determinar a direcção seguida por um veículo, após  a realização de várias manobras de condução. O teste avalia o sentido de direcção e de orientação dos indivíduos. Assim, pontuações elevadas indicam a capacidade de manter a orientação espacial, mesmo depois de diversas mudanças de direcção. O scales nav-drv consiste numa versão adaptada do squares nav e foi especificamente desenhado para o Drivers Suite.
  • O teste mem-drvrequer a memorização quer de sinais de trânsito e quer a sua  posição. O teste avalia quão bem os indivíduos podem lembrar-se de informações.
  • O teste de integridade squares mede a probabilidade de os indivíduos revelarem comportamentos contraproducentes no trabalho. O design do squares tem em conta elementos situacionais relevantes, que levam a comportamentos contraproducentes em contexto laboral.

Leituras de Referência

Fuller, R. (2005). Towards a general theory of driver behaviour. Accident Analysis and Prevention, 37, 461-472.

Hakamis-Blomqvist, L. (2006). Are there safe and unsafe drivers? Transportation Research Part F, 9, 347-352.

Kuiken, M. J. & Twisk, D. A. M. (2001). Safe driving and the training of calibration: A literature review. (Report R2001-29). Leidschendam: Institute of Road Safety Research.

Mayhew, D. R. & Simpson, H. M. (1996). Effectiveness and role of driver education and training in a graduated licensing system. Ottawa, ON: Traffic Injury Research Foundation

Schuhfried GmbH (2009). Expert System Traffic – Computerized assessment of fitness to drive. 3rd edition.

Sommer, M., Herle, M., Häusler, J., Risser R., Schützenhofer, B., & Chaloupka, C. (2008). Cognitive and personality determinants of fitness to drive. Transportation Research Part F, 11, 362-375.

Ulleberg, P. & Rundmo, T. (2003). Personality, attitudes and risk perception as predictors of risky driving behaviour among young drivers. Safety Science, 41, 427-443.

Verschuur, W. L. G. & Hurts, K. (2008). Modelling safe and unsafe driving behaviour. Accident Analysis and Prevention, 40, 644-656.

pesquise-produtos

Pesquise entre mais de 40 testes psicométricos pelo teste mais adequado ao que pretende.
Search by
Topic
Instrument
Contacte-nos

Telefone +351 21 901 33 23

ou clique aqui

Subscreva a talentNews