Avaliação psicométrica fiável, robusta e desenvolvida com base em pesquisa científica

Os inovadores instrumentos de avaliação online da cut-e providenciam uma base fidedigna para as suas decisões de selecção e desenvolvimento de colaboradores. A cut-e ajuda as empresas a identificar as pessoas com as competências e a adequação cultural mais ajustadas à organização, de modo a que possa obter os resultados ideais para o seu negócio.

Quer seja na avaliação e selecção de candidatos, desenvolvimento da gestão, formação de equipas ou no desenvolvimento organizacional - a cut-e fornece aos profissionais de RH e aos gestores de linha, uma ampla gama de instrumentos inteligentes.

Opinião do cliente

"Tomar a decisão certa tornou-se mais fácil devido à apresentação clara dos resultados do teste."Anne Seiffert, Océ

Em que consiste uma boa avaliação psicométrica?

A avaliação psicométrica, através de testes e questionários aplicados, normalmente online, mede as capacidades, aptidões, atributos e características de personalidade dos candidatos. Estas avaliações são utilizadas para predizer desempenhos em contexto profissional. As avaliações psicométricas de boa qualidade são fidedignas, robustas e válidas para utilizações específicas, proporcionando uma via objectiva para medir e relacionar os resultados dos candidatos com parâmetros e com os grupos normativos conhecidos.

White Paper: Diagnóstico Online - fundamentos, processos e critérios de decisão

Ao escolher os instrumentos adequados para a selecção de pessoal, muitas vezes é difícil distinguir entre os "bons" e os "maus" instrumentos.

Esta directriz auxilia na resposta às seguintes questões:

  • Como identificar um bom instrumento de diagnóstico?
  • Que critérios específicos são aplicáveis ​​às avaliações online?
  • Quais as opções para a interpretação dos resultados?

Mas, sobretudo, o objectivo deste documento é fornecer um guia através da selva de jargão dos critérios gerais e psicométricas.

A ciência: A pesquisa científica que fundamenta todos os nossos produtos

A nossa Equipa Internacional de Research tem duas prioridades: trabalhar em parceria com os clientes na análise dos dados das avaliações e pesquisar, desenvolver e testar novos métodos e alternativas para os desafios das avaliações.

Trabalhar com os clientes e com os seus dados permite-nos sugerir desenvolvimentos constantes para os seus processos de avaliação e medir o retorno do seu investimento. O nosso programa de Research responde aos novos desafios do mercado. Procuramos compreender como utilizar a tecnologia mobile de forma justa, como avaliar novas dimensões de personalidade tais como a criatividade e como melhorar o tempo de uma avaliação de forma a ajudar os clientes a terem mais cedo contacto com os candidatos.

Sabemos o valor da partilha e da aprendizagem com os nossos pares e por isso estamos presentes de forma regular em conferências, publicamos artigos, submetemos artigos científicos para jornais académicos e valorizamos o desenvolvimento profissional contínuo – encorajamos de forma activa a investigação através das nossas ferramentas, oferecendo suporte às universidade e estudantes.
 

Clique aqui para conhecer a nossa página sobre Inovação da Avaliação Online

White Paper: Make data-driven talent decisions through intelligent data

A talent strategy underpinned by data-driven decisions allows companies to recruit individuals who will stay longer, perform better and will be more engaged: key factors leading to higher customer satisfaction and stronger business performance.

This paper explains how to convert your employee-related 'big data' into 'smart talent data'.

A análise inteligente apoia processos de decisão na gestão de talentos

Na cut-e combinamos análise estatística tradicional e técnicas de ponta, incluindo algoritmos de aprendizagem e de inteligência artificial. Esta expertise dá-nos um maior entendimento dos dados recolhidos durante o Assessment, assim como nos permite identificar padrões, tendências emergentes e irregularidades rapidamente. Nos nossos Assessment recorremos a esta combinação de metodologias, bem como à análise preditiva de talentos.

A grande vantagem de combinar toda esta informação - e de lhe conferir inteligibilidade – consiste em podermos tirar conclusões mais informadas, assim auxiliando os nossos clientes a tomarem melhores decisões no âmbito da gestão de talentos.

Talent 2021: What is shaping talent trends

Read this e-book to discover how our approach to talent will change in the coming years and learn that:

  • The ‘millennial’ generation is changing how we view leadership and what is needed.
  • The move to a more continuous approach to listening to our employees means adapting how we measure employee engagement.
  • Assessments via smartphones is an increasing trend–  as is doing more with the data generated at all assessment touchpoints.
  • There will be a change in sales competencies that businesses need.
  • How HR will transform its service model – and what the changes in HR technology will mean for organisations.

A Qualidade Garantida

A qualidade da avaliação pode ser medida – Pode verificar aqui:

  • Os nossos testes e questionários são revistos por entidades independentes e têm o suporte, sempre que necessário, dos mais avançados processos de pesquisa científica e de um conjunto de grupos normativos por sector de actividade e por nível de função; 
  • Acrescentamos regularmente estudos de validação à nossa biblioteca;
  • Temos em vigor estudos e políticas de impacto sobre inclusão e diversidade;
  • O nosso departamento de IT e os sistemas de gestão de dados cumprem todos os requisitos legais de protecção de dados pessoais;
  • As nossas ferramentas são desenvolvidas em linha com as normas internacionais de instituições tais como a International Test Commission (ITC), European Federation of Psychologists’ Associations (EEPA) e com a American Psychological Association (APA).
  • Os nossos testes e questionários são certificados por instituições líderes a nível global no âmbito da acreditação, tais como o Det Norske Veritas (DNV) e estão registados instituições locais de supervisão nos países onde tal é necessário.

O cliente está no centro de tudo o que fazemos

Sabemos que os nossos clientes desejam processos de avaliação válidos e confiáveis, que necessitam que estes sejam práticos e pragmáticos, que fortaleçam a sua imagem e a sua posição como empresa empregadora proporcionando igualmente uma boa experiência ao candidato. A cut-e desenha ferramentas customizáveis – tais como os Questionários de Julgamento Situacional ou Questionários de Feedback 360º - nesse sentido as funções, a marca e mensagens poderão ser adaptadas às nossas ferramentas de avaliação online sem possibilidade de fraude. Todos os nossos testes e questionários podem ser integrados nos sistemas ATS/HRIS existentes no cliente sendo somente necessário um sistemas de autenticação - single sign on (SSO) - que assegura ao utilizador uma experiência adaptada à marca do cliente.  

Quais são os critérios específicos para o diagnóstico online?

Além dos critérios que se aplicam aos diagnósticos com base em meios informáticos, existem alguns aspectos que dizem respeito a diagnósticos especificamente administrados na Internet. Basicamente, os instrumentos baseados na Internet deveriam ser auto-explicativos, à prova de fraude, independentes do hardware, plugin-ready e acessíveis. Isto significa em detalhe:

Auto-explicativos
Uma vez que os instrumentos baseados na Internet são sobretudo administrados de forma aberta, ou seja, não-controlados, é muito importante que sejam auto-explicativos. Basicamente, isto significa que o teste oferece exemplos interactivos através dos quais o candidato poderá familiarizar-se com as tarefas do instrumento em causa e em que ele/ela obtêm feedback sobre a forma como lidou com os exemplos. As explicações nos exemplos devem ser tanto mais detalhadas quanto possível, uma vez que, nos testes com base na Internet normalmente não há possibilidade de contactar o administrador do teste, caso surjam questões.

À prova de fraude
Como já mencionado, a administração de instrumentos com base na Internet é muitas vezes não-controlada. Portanto, deve assegurar-se que o teste é à prova de fraude. Isso significa que, de preferência, não deverá existir um modelo de resposta que facilite a realização das tarefas pelo candidato de forma mais rápida e correcta. Nos testes com base na Internet, isto pode ser facilmente assegurado ao gerar o teste dinamicamente em tempo real. Por isso, é quase impossível que o mesmo teste seja gerado duas vezes.

Independentes de hardware
O problema de muitos instrumentos com base na Internet é que são, muitas vezes, optimizados para um determinado sistema informático (certas condições: resolução do monitor, proporções) e, consequentemente, surgem desfocados ou com uma aparência granulada em outros computadores. Isto pode ser evitado através de um item vetorizado que se adapta de forma ideal para monitorizar as condições e, portanto, não ocorrem quaisquer consequências devido ao hardware e/ou ligação à Internet utilizada.

Plugin-ready
No que respeita os instrumentos com base na Internet, é importante que seja possível uma integração harmoniosa em sistemas já existentes de gestão de candidaturas, avaliação e RH (por exemplo, SAP, PeopleSoft, Oracle). Assim, tanto a permanência dos dados dos participantes dentro da empresa como a segurança desses mesmos dados está garantida.

Acessíveis
Cada instrumento com base na Internet deve ser acessível de acordo com os regulamentos para os utilizadores com deficiência. Prevê, por exemplo, que outros dispositivos de assistência de entrada de dados, para além do rato (por exemplo, telas sensíveis ao toque, painéis de toque, teclado, dispositivo assistentes para indivíduos com limitações motoras), bem como dispositivos de assistência a leitura (por exemplo, lupa interna, lente ampliadora) e outro tipo de meios de assistência possam ser usados para trabalhar com os instrumentos.

Como posso ter certeza de que os critérios de transparência e justiça são cumpridos, quando escolho um instrumento?

Um factor essencial que desempenha um papel relevante na selecção de instrumentos de diagnóstico é o tratamento do candidato antes, durante e depois do teste.

Um bom instrumento de diagnóstico deve proporcionar um nível adequado de transparência. Deve conter, antes do início do teste, instruções informativas e compreensíveis que explicam o contexto-base do teste e o processo de administração (tempos-limite, etc.), bem como os itens práticos devem conter esclarecimentos acerca do princípio do teste ou questionário. Adicionalmente, no caso das administrações online, um administrador de teste devidamente qualificado deverá explicar o sistema.

Deverá ser assegurado que cada um dos candidatos que tenha trabalhado por meio de um instrumento específico, receba, após ter terminado o mesmo, o devido feedback acerca do seu desempenho (testes de aptidões) ou resultados (questionários). Deverá ser fornecido, pelo menos, um breve relatório de feedback pessoal por escrito (de preferência narrativo e detalhado) e este deve ser idealmente providenciado por alguém devidamente qualificado para esse efeito.

Além disso, é importante em termos de justiça, que os resultados dos testes não desencadeiem uma discriminação sistemática de determinadas pessoas devido à sua possível associação a grupos étnicos, socioculturais ou específicos de género. Para fins de acessibilidade, todos deverão ter as mesmas possibilidades de aceder aos instrumentos de diagnóstico. Isso significa, entre outras coisas, que as pessoas com deficiência também devem ter a possibilidade, adequada às suas capacidades, de aceder aos instrumentos de diagnóstico, possivelmente por meio de assistência na inserção de informação.

Sabia? Os resultados do Barómetro de Assessment demonstram:

  • As avaliações online estão a crescer, com um aumento de 18% nos últimos dois anos. 52% dos participantes no barómetro utilizam avaliações online, predominantemente no processo de recrutamento mas também para desenvolvimento.
  • A natureza da avaliação está a mudar no mundo. Os empregadores continuam a procurar formas de tomar decisões menos arriscadas no processo de selecção dos seus candidatos. Aumentou a necessidade de prever quais os candidatos que no futuro serão os melhores profissionais.
  • A utilização da avaliação psicométrica está a aumentar nas diferentes fases do processo de aquisição e retenção de colaboradores, particularmente no recrutamento de gestores, recém licenciados, administrativos e estagiários. Os Development & Assessment Centres, testes de integridade e valores e Questionários de Julgamento Situacional são ferramentas em maior crescimento.
    Contacte-nos

    Telefone +351 21 901 33 23

    ou clique aqui

    Subscreva a talentNews